domingo, 5 de junho de 2011

Crescendo

A vida de Nora Grey continua longe de ser perfeita. Sobreviver a um ataque que podia ter-lhe custado a vida não foi fácil, mas tudo se resolveu, graças ao seu anjo da guarda - uma criatura misteriosa sedutora e Bela.
Mas Patch está longe de ser angelical. Está mais distante do que nunca e parece estar a passar demasiado tempo com a sua inimiga de Nora, Marcie Millar.
E... como se não bastasse, Nora é confrontada com recordações do seu pai assassinado, começando a pensar que as intrigas dos anjos poderão estar relacionados com a morte dele.
Crescendo é a aguardada sequela de Hush, Hush, livro que dominou as tabelas nos EUA e também teve um determinado sucesso em Portugal.
Crescendo começa onde Hush, Hush acabou, tendo agora como tema principal as relações familiares e de amizade entre as personagens, onde estas ligações começam a ser testadas pouco a pouco. Principalmente a relação de Nora com Patch.
O livro em comparação com o original melhorou em certos aspectos, mas ao mesmo tempo mantém e talvez até piorou algumas das falhas que se encontravam no livro anterior.

O mundo dos anjos em Crescendo foi mais explorado que no capítulo anterior, onde o livro se resumia a 90% romance e 10% paranormal. Porém, o romance entre Patch e Nora continua a ser o tópico principal em Crescendo. O que é triste, pois o que os leitores gostariam de ver era um pouco mais da mitologia do mundo do hush, hush, porque romances sobrenaturais é que o publico em geral já está farto de ver.
O estilo de escrita de Crescendo é idêntico ao de Hush, Hush, no entanto Becca Fitzpatrick continuou os erros cometidos no livro anterior, nomeadamente partes significantes do livro onde o enredo não desenvolve e a existência de um antagonismo fraco. Infelizmente a estrutura do enredo de Crescendo contém múltiplas falhas. Apesar de em todo o livro existir algumas reviravoltas que faz com que o leitor vire de página, um terço do livro está vazio e sem vida, onde o enredo não desenvolve de todo. Existe um mistério que fica totalmente estagnado durante certas partes da obra e a maioria do enredo só desenvolve nas últimas 60 páginas.
As personagens mantiveram as suas qualidades existentes em Hush, Hush no entanto não houve nenhuma profundidade ou algum facto relevante com que fizesse que estas se desenvolvessem. É pena, pois o livro está bem escrito e detalhado, deixando o leitor deixar-se imergir neste maravilhoso mundo de anjos, humanos e Nephilins.

CRESCENDO é um livro razoavelmente bom, com os seus prós e contras. Quem gostou de hush, hush imediatamente irá gostar deste capítulo. Porém quem não gostou do original, dificilmente irá encontrar motivos para gostar deste.

Nota: 7/10
O que é agradável: Personagens agradáveis. A escrita é bastante simples e agradável, boa para se ler na praia numa tarde de Verão. A maior relevância dos anjos neste capitulo.

O que é desagradável: As personagens não desenvolvem ao longo do livro e existe um mistério que fica totalmente estagnado durante certas partes da obra. Um antagonismo fraco, mas no final faz todo o sentido.

terça-feira, 12 de abril de 2011

O Dragão de Smoking Camuflado

O Dragão de Smoking Camuflado é um livro para todos os que acreditam na nobreza da vida militar - e a que a amam. Escrito pela Vânia Oliveira, mais conhecida por interpretar na girls band "Delirium", é o seu primeiro romance - e a primeira tentativa de escrever um romance sólido.

O livro retrata duas pessoas totalmente opostas uma da outra. Uma delas é a vida de um militar que dá a sua vida pela bandeira portuguesa, e o outro é de um cidadão de Timor Leste que foge de um orfanato à procura de uma vida melhor. Vemos estas duas personagens crescerem gradualmente durante o livro, observando todos os seus amores, medos e dilemas.
Vera Oliveira escreve de uma forma simples, agradando a muitos públicos, mas recomenda-se a maiores de 12 anos devido à natureza do trama. No entanto, por vezes vemos que está escrito de uma forma demasiado simples e resumida, ignorando certos detalhes que nos impede de mergulhar num mundo que nem todos conhecem. No início nota-se que existem uns diálogos demasiado forçados, não pertencendo à personalidade da personagem, mas à medida que a história progride começa a existir um melhor ajustamento entre os dois.

Os temas deste livro são muito adultos porque aborda a vida militar e os seus abusos, patriotismo, casamento, família, tempo (vida e morte) entre outros. Recomendo este livro a pessoas já com alguma idade, pois certamente se irão identificar com certos temas da obra.

O antagonismo deste livro é a sociedade, umas vezes de uma forma física, outra de uma forma emocional. Apesar de fazer o seu trabalho, por vezes sentimos que estamos apenas a observar a vida destas duas personagens. É uma pena, pois se a autora tivesse aprofundado mais a história das personagens, evocando mais emoção (do que apenas um resumo da vida de ambos) teria sido um livro bastante bom.

O Dragão de Smoking Camuflado é um livro agradável, perfeito para uma leitura rápida nas férias da Páscoa. Contudo não esperem nenhuma obra-prima.

Nota: 6/10

O que é agradável: A história das personagens e o seu rumo. A sua leitura é bastante suave e agradável não deixando muitas incógnitas.
O que é desagradável: O estilo de escrita da autora é bastante simples, resumindo a história das personagens e as descrições, impedindo do leitor deixar-se imergir no mundo onde se passa o trama. No início do livro existem alguns diálogos muito forçados e os diálogos em espanhol (castelhano) contém muitos erros de vocabulário.

Portal Análises Literárias. Um ponto de encontro para amantes de livros. Aqui encontram noticias, entrevistas exclusivas com autores e análises (opiniões) de livros que estão no mercado. Ao registarem-se tem acesso a conteúdo exclusivo e a futuros passatempos.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Sangue Furtivo é o quinto capitulo da saga Sangue Fresco, que descreve a vida de Sokkie Stackhouse e os mistérios em Bon Temps, uma pequena cidade de Louisiana.

Sokkie Stackhouse, uma empregada de bar na pequena vila Bon Temps, não é alheia a experiência sobrenaturais. Sokkie repara que o corpo do seu irmão Jason, começa a transformar-se numa criatura sobrenatural. Mas a preocupação de Sokkie torna-se mais intensa e assustadora quando um atirador furtivo põe em mira várias criaturas sobrenaturais habitadas em Bon Temps. Assim, Sokkie envolve-se num novo mistério, tentando resolve-lo antes que ponha em mira os seus entes queridos.
Sangue Furtivo tem um óptimo arranque, envolvendo várias tentativas de assassinatos, recuperando a energia e a adrenalina do primeiro volume que se têm perdido ao longo da série. Apesar dos vampiros serem a única espécie sobrenatural conhecida publicamente, o foque da série começa a mudar para outras criaturas sobrenaturais, tais como metamorfos e lobisomens.
O enredo é bom, mas nota-se que é apenas um mistério e nada mais, não afectando as personagens de forma permanente. Em contraste com os anteriores volumes, não existe quaisquer tipo de romance, focando mais no mistério do livro e da forma como afecta a protagonista.
São introduzidas novas personagens, aumentando o mistério e dinamizando o enredo. O antagonismo permanece forte durante todo o livro, não de uma forma física, mas de uma forma psicológica dando sensações tais como o medo. No entanto, durante o segundo e o terceiro acto, enquanto mais se aproxima do clímax, começa a tornar-se um perigo físico.
Saliento também que o estilo de escrita da autora continua o mesmo, não havendo nenhuma inovação ou evolução, contudo não desce o nível de qualidade, o que é raro em séries literárias escritos pelo mesmo autor.
Sangue Furtivo é um bom livro de mistério, envolvendo vampiros, metamorfos e lobisomens, perfeito para uma tarde de leitura. No entanto espero que os seguintes volumes comecem a melhorar ou a inovar, pois já se nota o desgaste da fórmula da série.
Recomenda-se aos fãs de Sangue Fresco e fãs de vampiros em geral.


Nota. 8.5
O que é agradável: Conseguiu recuperar alguma da adrenalina dos primeiros volumes, perdida ao longo da série. A dinamização do enredo. As novas personagens de uma forma auxiliam a protagonista, por outro lado aumenta a intriga.
O que é desagradável: A fórmula da série começa a tornar-se repetitiva, pedindo por um enredo que afectem as personagens de forma permanente.

Não se esqueçam de ir a: http://www.analisesliterarias.com

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Passatempo no website Análises Literárias


Entre o dia 1 a 20 de Abril está em vigor o primeiro passatempo no Portal Análises Literárias. Com o desafio de fazer um texto original com as palavras "livro", "mistério" e "Análises Literárias", os participantes têm uma oportunidade de ganhar o livro "Mistério em Chinatown" de William C. Gordon.

Todos os meses irá entrar em vigor um novo passatempo, mas no mês de Maio será em parceria com uma editora ainda a designar.

Para participar vai ao Site Oficial: http://www.analisesliterarias.com

quinta-feira, 31 de março de 2011

Wicked Lovely - Amores Rebeldes

Regra #3 - Não olhar para fadas invisíveis.
Regra #2 - Não falar com fadas invisíveis.
Regra #1 - Nunca chamar a atenção delas.

Desde que nasceu, Aislinn sempre viu fadas. Poderosas e perigosas, elas caminham entre os mortais. Aislinn tenta passar despercebida pois estes seres não gostam de ser descobertos e costumam castigar com crueldade as pessoas que detectam a sua presença. Agora as fadas perseguem Aislinn.

Wicked Lovely não é um típico conto de fadas, muito pelo contrário, é o resultado de uma extensa pesquisa sobre o mito das fadas em que é descrito fielmente o seu mundo fantástico. Não são as típicas fadas que conhecemos, pois existem várias raças que diferem uma das outras.


Aislinn (ou Ash) é uma típica estudante adolescente que esconde um segredo, que quando é revelado começa a sentir-se perseguida. O livro é contado na terceira pessoa, mostrando Aislinn, com os seus amigos e dilemas; e a perspectiva de Keenan, o Rei do Verão que nos mostra a sociedade das fadas, nomeadamente da família real e as traições internas que se descobrem ao longo do livro.

O livro foi uma boa surpresa, pois expõe-nos muito bem o mundo das fadas. Cada capítulo começa com uma citação de um livro cujo tema é de fadas, que afecta o capítulo em si. O enredo é bastante bom e bem estruturado, a escrita é acessível e as personagens estão muito bem construídas. No entanto nem tudo são rosas.

Enquanto no primeiro acto expõe-nos o mundo mortal e das fadas de Wicked Lovely, é nos dito as regras que Ashlinn segue à risca constantemente, que ao avançar nos capítulos começa a enjoar um pouco. No segundo acto, o enredo tem um bom ritmo não mostrando cenas pausadas ou de muita conversa. Tem um bom antagonismo, seja ele físico e emocional, pois a protagonista desde o inicio que sente medo que mais tarde desenvolve com credibilidade. As  restantes personagens desenvolvem a um bom ritmo, o que é bastante agradável. Contudo neste acto é nos dito constantemente o quanto especial Aislinn é (sem revelar spoilers), o que mostra uma certa repetição e sentimos de devemos parar a leitura para outro dia.
"Wicked Lovely" é um romance sobrenatural bem escrito e estruturado, com um enredo inteligente e também uma grande diversidade de personagens. Em resumo, foi uma boa surpresa. Contudo só recomendo a quem gosta de fadas, porque para quem não gosta do género duvido que este livro lhe mude de ideias.

Nota: 8
O que é agradável: A descrição do mundo das fadas. A sociedade secreta das Fadas. As personagens desenvolvem com credibilidade. A desenvolvimento da história.
O que é desagradável: O arranque é um pouco lento. Durante o primeiro e o segundo acto é nos dada sempre a mesma informação, o que enjoa um pouco.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Aniversário do Canal Youtube 'Análises Literárias'

No dia 23 de Março de 2010, em plenas férias de Páscoa, tive a ideia de fazer algo inédito em Portugal: Um vlog sobre análises de livros. Nessa mesma tarde fiz a análise do livro Lua Nova (pois o filme estava prestes a sair) e depois com a boa recepção foram-se somando mais análises de livros, corrigindo os erros cometidos com as primeiras experiências.
Após um ano e com a recente inactividade no Blog e do Canal Youtube, decidi criar um Portal da internet onde vários cibernautas podem deixar as suas opiniões sobre livros, no entanto as minhas análises estão sempre em destaque. Porém decidi que as o Portal tinha que ter mais funcionalidades, tais como informar os nossos leitores sobre os livros que estão por sair; biografias e entrevistas dos autores favoritos; uma crónica mensal sobre o mundo da literatura, futuras parcerias com as editoras e passatempos para os leitores.

Este blogue vai continuar a existir, no entanto, o site na Internet será o local que vai ser actualizado regularmente e com mais destaque.

Cliquem aqui para poder aceder ao Portal. No caso de se registarem, terão acesso a conteúdos exclusivos e a futuros passatempos.


quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Precisa-se de colaboradores!

Ano Novo, vida nova. 
E assim em 2011 quero mostrar mais conteúdo no blog e no site como nunca! Actualizar os leitores sobre os melhores (e os piores) livros no mercado foi uma tarefa apenas minha mas como de momento tenho um trabalho intenso diariamente, não consigo satisfazer os meus leitores sozinho e assim, peço-vos pela primeira vez a vossa colaboração.




Desejava ter pessoas com a mesma paixão pela leitura e escrita que eu para introduzir mais conteúdos no blog sob a minha supervisão. Não apenas análises, mas sim novidades sobre os escritores mais cobiçados actualmente. 

Querem candidatar-se?

Mandem um email para analiseliterarias@hotmail.com com o seguinte conteúdo:

[ASSUNTO: Colaboração do blog ]

Nome
Idade
Local de Residência

Uma análise (review) de um livro para poder avaliar o vosso grau de escrita do português.